Serviço atua como intermediário entre empreendedores e jornalistas

Há duas formas de uma empresa se mostrar em revistas, jornais, internet, televisão e rádio. O primeiro é pagar por um anúncio. E o segundo é virar notícia. Neste caso, o empreendedor não paga aos veículos de comunicação para aparecer na mídia.

Entretanto, convencer jornalistas a contar a história de uma empresa pode ser difícil. Para o paulista Runa Ratz, que tem 23 anos e é cofundador da Kawthar, especializada na venda de joias e presentes corporativos de luxo, o melhor caminho para conseguir este objetivo é contratar uma assessoria de imprensa.

As assessorias, basicamente, intermediam o contato entre empresas e jornalistas. Por terem conhecimento em comunicação e contato com as redações, conseguem levar mais facilmente a história de seus clientes aos jornalistas. “Ao colocar a empresa na mídia, mais clientes conhecem os produtos e melhor fica a reputação”, diz Ratz.

Como a Kawthar vende joias e presentes corporativos, dois produtos diferentes voltados para públicos igualmente distintos, Ratz optou por ter duas assessorias de imprensa diferentes, uma para cada frente de atuação.

A Kawthar foi oficialmente lançada no fim de abril. No entanto, desde dezembro já trabalhava com um assessor, focado na parte de joalheria da empresa. A meta da empresa é associar os produtos da marca a famosas, mostrando personalidades usando as joias da Kawthar. Por isso, o objetivo é aparecer em programas e publicações mais voltadas à cobertura da vida dessas pessoas.

Posteriormente, com o objetivo de fortalecer seu segmento de presentes corporativos, foi atrás de outra assessoria, com maior conhecimento do mercado de negócios. “Enquanto a estratégia da joalheria é aparecer nos veículos de comunicação de forma indireta, na frente corporativa buscamos uma exposição mais direta.”

Alinhamento Para definir as estratégias de comunicação da Kawthar, Ratz mantém contato diário com as duas assessorias. Além disso, faz reuniões presenciais: todo mês, encontra-se uma vez com cada assessor separadamente e outra com os dois juntos. “Isso é importante porque, apesar de atuarem com produtos diferentes, os dois devem estar alinhados frente a algumas premissas e valores da empresa”, diz o empreendedor.

Ratz afirma que os textos de divulgação da Kawthar devem mostrar, da forma mais atraente possível os diferenciais da empresa no que diz respeito ao que venda, à sua equipe e seus planos de crescimento. As reuniões com os assessores também servem, de acordo com o empreendedor, para que ele mesmo veja a melhor forma de vender sua empresa. “Além de divulgar a Kawthar na mídia, recebo insights que podem tornar a empresa ainda melhor”, afirma.

Presença na mídia melhora reputação da empresa, segundo cofundador

Reportagem: Pequenas Empresas Grandes Negócios

Category
Tags

Comments are closed

Loading...